>> Voltar a Entrada >> Enter to The Matrix!

Pancadaria e Muitos Tiros nos Consoles
Jogos Violentos como forma de distração para crianças
CULTZONE 2007-04-19
Os jogadores de videogames violentos acreditam que esses jogos são apenas uma forma "divertida" de distração, que não os torna insensíveis à violência na vida real, afirma uma nova pesquisa sobre um dos segmentos de mais rápido crescimento na indústria do entretenimento.

No entanto, os usuários desse tipo de jogo reconhecem que pessoas "que já sejam de alguma maneira perturbadas" podem ser levadas a abandonar os limites aceitáveis de comportamento caso passem a jogar de maneira obsessiva.

Em resposta a preocupações políticas e do público sobre esses videogames, o Conselho Britânico de Classificação de Filmes (BBFC) encomendou a pesquisa, que envolveu entrevistas com jogadores, pais e representantes setoriais.

A organização, que responde pela classificação de filmes e de até 300 títulos de videogames ao ano no Reino Unido, concluiu que para os jogadores "a violência ajuda a tornar os jogos uma experiência extasiante e divertida, bem distinta da vida cotidiana".

Mas acrescentou que "os jogadores não parecem perder a consciência de que se trata de um jogo, e não confundem o jogo com a vida real".

Os videogames tendem a polarizar opiniões de uma maneira que nenhuma outra forma de mídia faz e alguns títulos são alvo de críticas severas por representações explícitas de violência.

Mas um participante da pesquisa insistiu que os jogadores não estão todos vivendo em um mundo de fantasia que implique em comportamento violento. "Da mesma forma que não sinto ter marcado um gol em um videogame de futebol, não sinto ter matado alguém. Sei que não é real."

Outro usuário disse que "ocasionalmente, quando estou realmente zangado subo e jogo videogames, e isso tende a me acalmar".

Mas alguns jogadores mais jovens, com menos de 15 anos, disseram que algumas cenas mais violentas os incomodam. Eles sentem desconforto quanto às imagens explícitas de matança e admitem que os jogos causam pesadelos.

Isso levou David Cooke, diretor do BBFC, a fazer um alerta para os pais se manterem vigilantes. Ele disse que é vital proteger as crianças contra jogos com conteúdo adulto.

A pesquisa registrou reações de uma variedade grande de videogames que mostram violência, de "Manhunt" e "Grand Theft Auto" a até mesmo "World of Warcraft".

Um fã de Manhunt admitiu que "ficou viciado" no jogo. "Você sente realmente que está enfiando um machado em alguém e dá alguns golpes no pescoço até separar a cabeça."

Já sobre as atrações de Grand Theft Auto, a pesquisa concluiu: "O sexo contribui para o sentimento de brincar com as restrições tediosas da vida cotidiana."



Terra




Anunciar na CULTZONE é muito fácil


Termo de Uso Não Obrigatório, apenas para fins legais

101 Copyright © 2003-2005-2006-2007-2008-2009-2010-2011-2012-2019 CULTZONEZai AGÊNCIA CRIATIVA.
Todos os Direitos Reservados CULTZONEGroup
Powered by CULTZONE WebSolutions
CULTZONE IT'S A TRADEMARK. DON'T COPY!

Read book